Uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente de Nova Odessa e o Consórcio PCJ (Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) vai beneficiar a manutenção e produção do Viveiro Municipal. Através do projeto, funcionários do espaço realizaram curso de capacitação esta semana em Piracicaba. A iniciativa prevê ainda doação de insumos e materiais utilizados para produção de mudas.

Responsável pelo setor de Parques e Jardins, Fernanda Dagrela afirmou que a parceria permitirá reduzir os custos para manutenção do Viveiro. “Estamos em um momento de crise financeira e toda ajuda é bem-vinda. Com esta parceria, vamos continuar trabalhando em nosso viveiro, aumentar nossa produção, ter maior conhecimento técnico sobre o assunto e não ter os custos com os insumos e outros materiais que são utilizados diariamente”, afirmou.

Nova Odessa é a 15ª cidade do Estado a aderir ao projeto do Consórcio PCJ. “Estamos constantemente em busca de projetos que nos possibilitam cuidar de nossa cidade, do meio ambiente e esta é mais uma parceria que tem muito a contribuir para a manutenção e desenvolvimento de Nova Odessa”, afirmou a secretária de Meio Ambiente, Carla Lucena.

CAPACITAÇÃO – Através da parceria, funcionários do Viveiro Municipal participaram esta semana, em Piracicaba, de um curso de produção de mudas. “Os próprios funcionários pediram para fazer este curso e tudo que foi ensinado certamente será muito bem aproveitado”, explicou Fernanda, que destacou ainda que a capacitação foi intermediada pelo Consórcio PCJ e não gerou custos para o Município.

Foi um curso bastante proveitoso em que os funcionários aprenderam mais sobre as diferentes técnicas do viveiro como colheita e geminação das sementes, prazos e formas de plantio correto, entre outras coisas”, disse.

O curso foi ministrado pela responsável do Viveiro de Piracicaba, a engenheira agrônoma Clementina Rossin. “Ela nos deu todo suporte necessário para aprimorarmos nossas ações em Nova Odessa e, em breve, retornaremos à Piracicaba para uma capacitação prática”, afirmou. “Nossos funcionários estão ainda mais capacitados para produzir as mudas que serão usadas tanto para arborização de nossa cidade quanto para doação aos moradores que desejarem”, finalizou.