DAE testa nova captação do Rio Piracicaba
Município está autorizado a captar mais água para garantir abastecimento
Compartilhe nas redes sociais

DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Americana realizou neste mês de março os testes no sistema a nova Captação de Água no Rio Piracicaba. Segundo a autarquia, os testes foram feitos conforme planejado e as quatro motobombas funcionaram perfeitamente. Com o término do serviço, a ETA (Estação de Tratamento de Água) voltou a ser abastecida.

De acordo com o DAE, a próxima etapa será ligar a nova Captação, previsão que isso seja feito nos próximos dias, após o treinamento e avaliação dos dados coletados nos testes.

Com a nova Unidade, será viabilizado o aumento da  captação no Rio Piracicaba, já autorizada pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), órgão estadual responsável pela gestão dos recursos hídricos paulistas.

O município está autorizado a retirar 1.300 litros de água por segundo. Atualmente, a outorga permite a retirada de 1.050 por segundo, garantindo o abastecimento à população no futuro.


COOPERAÇÃO

O DAE de Americana e a Sanasa Campinas (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento) iniciaram este mês um  trabalho de cooperação técnica para a troca de expertise. O objetivo é promover melhorias no sistema de abastecimento público na cidade.

O prefeito Chico Sardelli e o vice-prefeito Odir Demarchi participaram da reunião inicial do grupo de trabalho na sede da autarquia, acompanhados do chefe de gabinete Franco Ravera Sardelli.

Eles deram as boas-vindas ao grupo de trabalho da empresa de saneamento campineira, que vai atuar em parceria com a autarquia através de termo de cooperação técnica intermediado e avalizado pela Ares-PCJ.

O encontro deu início ao trabalho de diagnóstico  dos  sistemas de água (captação, reservação, abastecimento e perdas) e esgoto (coleta, afastamento e tratamento) para trazer mais eficácia ao serviço de abastecimento público em Americana.

“Essa parceria é muito importante para mim e para o Odir pois queremos trazer um ganho de qualidade no abastecimento da cidade, para que a pessoa abra a torneira em sua casa e saia água, e não vento. Iniciamos hoje este estudo de diagnóstico geral para apresentar soluções reais”, declarou Chico.

A Sanasa Campinas é referência no trabalho de redução de perdas de água nos sistemas de distribuição, tendo um dos menores índices de perdas do país para cidades com mais de 500 mil habitantes. A empresa também é referência no tratamento de esgoto e hoje atende a população com 96,05% de coleta  e  afastamento de esgoto, 90% de tratamento de esgoto, com capacidade instalada de 95% e atendimento de 99,81% da população com água potável.


SUCESSO

“A Sanasa é um case de sucesso, por isso iniciamos este trabalho, que é de longo prazo e vai envolver a expertise do   grupo de técnicos e a apresentação de opções tecnológicas, novos processos e rotinas de trabalho e de recursos humanos, sob a licença da Ares-PCJ”, disse Chico.

O superintendente do DAE, Carlos Cesar Gimenez Zappia, destacou a qualificação da equipe. “Para nós é extremamente importante essa parceria que nos permite um intercâmbio de conhecimento técnico e acima de tudo uma visão de fora pra dentro. Estamos falando de técnicos altamente experientes e, acima de tudo, técnicos que vêm de uma estrutura que são um case de sucesso em sistema de saneamento e de abastecimento público”, disse.

Powered by Froala Editor